Sarapatel do Alentejo, em Portgual, para o nordeste do Brasil.

Como fazer Sarapatel nordestino:

Comece por higienizar os miúdos: enxague rapidamente os miúdos e o sangue sob água corrente. Depois coloque-os numa vasilha grande, esprema o suco de 4 limões diretamente sobre os miúdos e cubra com água. Lave nessa água com suco de limão até os miúdos ficarem limpos e sem cheiro forte.

Dica: os miúdos de porco para sarapatel geralmente incluem fígado, coração e rins suínos, para além do sangue coalhado. A fressura de porco, por sua vez, inclui os pulmões, coração e cano.

Escorra, pique tudo em pedaços uniformes e coloque numa panela. Cubra com água filtrada e leve ao fogo médio, deixando ferver por 5 minutos. Escorra e reserve.
 

Dica: se quiser, descarte os pedaços de sarapatel que contêm ossos e cartilagem.

Em seguida pique finamente 2 cebolas, os 4 tomates, os 3 pimentões sem as sementes, os 5 dentes de alho, o maço de hortelã, os coentros e a cebolinha. Misture esse tempero com os miúdos e o sangue, sem levar ao fogo ainda. Acrescente também as folhas de louro, as pimentas-de-cheiro inteiras, a pimenta do reino e o cominho e misture tudo muito bem. Reserve para pegar o gosto.
 

O passo seguinte do sarapatel nordestino é levar ao fogo médio uma panela grande e fritar o toucinho ou bacon picado na própria gordura. Quando libertar gordura suficiente, adicione 1 cebola picadinha e refogue junto, até dourar levemente.

Dica: se o toucinho tiver pouca gordura, adicione 2-3 colheres de sopa de banha o de óleo vegetal para ajudar a fritar.

Adicione os miúdos temperados no preparo anterior e também o suco dos restantes 2 limões. Mexa para misturar tudo e deixe cozinhar desse jeito por uns 10 minutos, mexendo de vez em quando, para apurar os sabores.

Dica: nesse passo você pode adicionar outros temperos da sua preferência, como açafrão, páprica, entre outros.

Em seguida adicione 2-3 xícaras de água, de modo a conseguir um caldinho de sarapatel. Tampe, deixe cozinhar por mais 10-20 minutos e desligue o fogo. No final, prove e acerte o sabor com sal e pimenta a gosto.

Dica: a consistência do caldo de sarapatel depende da sua preferência. Se quiser um caldo mais espesso, deixe o sarapatel cozinhar no fogo por mais tempo, até o caldo reduzir.

Finalmente sirva seu sarapatel de porco nordestino acompanhando com as sugestões que apresentamos abaixo. Agora que você sabe como fazer sarapatel nordestino, diga nos comentários o que você achou desta receita tradicional e bom apetite!
 
  • Em Portugal o jeito de servir sarapatel é forrando o fundo de um prato ou de uma tigela de sopa com pão fatiado, colocar sobre ele o sarapatel e decorar com folhas de hortelã ou cebolinha e rodelas de laranja.
  • No Brasil é habituar servir sarapatel decorado com toucinho frito, com uma porção de vinagrete simples, farinha ou farofa de alho, por exemplo, e arroz simples.

Suplementação alimentar!

Ácido Hialux

Complexo B MAX

Metilfolax